Montando uma linda mesa de jantar.

Se você quer fazer na sua casa um jantar formal. e acha que o único problema é como montar a mesa? Não é tão complicado. Coloque o prato principal sob o prato da entrada – seja sopa, salada ou o que você quiser; coloque os talheres na seqüência de chegada dos pratos, de fora para dentro, e com facas e a colher de sopa (se você for servir) sempre ao lado direito. Os talheres de sobremesa (somente os que serão usados) ficam acima do prato principal. Veja a seqüência na foto. Coloque os copos da esquerda para a direita começando pela taça de água, depois a de vinho tinto e por último a de vinho branco. A taça de champanhe fica entre os copos de água e vinho tinto, só que um pouco mais para a frente. Depois, é só torcer para que os seus convidados sejam menos formais que a sua mesa.

  • Use uma linda toalha de mesa que proporcione uma queda de 25 cm por cada lado e tenha um copeiro à disposição para servir os pratos e bebidas.
  • Os pratos devem ser colocados em primeiro lugar na mesa, uns dois dedos acima da borda, para não encostarem nos convidados. Entre os pratos deve haver uma distância de 50 cm, suficiente para a colocação dos talheres e copos.
  • O prato de salada pode ficar sobre o prato principal e o prato de pão fica acima e à esquerda destes. O pão é um dos poucos alimentos que devem ser comidos com as mãos. O sousplat é um prato largo, colocado em primeiro lugar à mesa. Este prato serve apenas para sustentar outros pratos ou tigelas e não é trocado durante a refeição.
  • O prato lateral, para pães, manteiga, patés, etc. deverá estar guarnecido com uma pequena faca.
  • Entre o sousplat, prato que fica embaixo dos outros na mesa, coloque uma toalhinha para evitar ruídos ao servir.
  • O conceito é que os talheres são utilizados sempre de fora para dentro. A quantidade de talheres à mesa, depende de quantidade de pratos servidos em uma refeição e os talheres ficam dispostos de modo que sejam utilizados na mesma ordem em que os pratos são servidos. Na mesa, os garfos ficam à esquerda do prato. As colheres de entrada ou de sopa, junto às facas, sempre com o corte voltado para dentro, ficam do lado direito do prato e os talheres para sobremesa à frente deste.
  • Sempre da direita para a esquerda, no sentido em que serão empregados, os copos ficam dispostos na seguinte ordem: vinho branco, vinho tinto, água ou champagne. Esta é também a ordem de tamanho dos copos, o de vinho branco é normalmente menor do que o de vinho tinto, que por sua vez é sempre menor do que o de água.
  • Nem sempre este ponto é levado em consideração, mas para que a refeição transcorra o mais agradável possível, procure dispor os convidados que tenham interesses comuns e afinidades, próximos uns aos outros. Também é interessante que se intercale na mesa homens e mulheres.
  • Os guardanapos cuidadosamente dobrados podem ser dispostos à esquerda dos pratos ou mesmo no interior destes. Ao sentar-se à mesa, os guardanapos são desdobrados e colocados no colo, onde permanecem durante a refeição. Ao término, o guardanapo deve ser dobrado e colocado ao lado esquerdo do prato.
  • No arranjo da mesa, cuide para que as flores sejam sem perfume e baixas, para não atrapalhar a conversa entre os convidados. Na falta de espaço, opte por arranjos individuais que deverão ficar ao lado do prato, junto ao prato de pão. Este último ficará à esquerda do convidado com faca para manteiga.


Fondue

Fondue significa Fondre que em frances é derreter, esse prato já comum no Brasil principalmente na época do inverno. Há vários tipos de fondue, e os mais comuns são, de queijo, (Tradicional suíço ), e o de carne, ( Borgonha- França).

Os elementos básicos para o preparo são simples, mas é necessário um equipamento especial: fogareiro com uma pequena panela e garfos de cabo longo com dois dentes. Este equipamento é fácil de encontrar até em supermercados. Os materiais são muitos (da ágata, aço inoxidável, cobre, à prata). O preparo do fondue de queijo, usa-se o de tipo suíço ou do tipo prato, na proporção de 200 gramas por pessoa, procure não arriscar fazer no dia em que há os amigos em casa, faça experimentos para evitar constrangimento e ter que chamar pizzas.

Corte o queijo em cubinhos e aqueça no fogão com um pouco de leite, até derreter. Acrescente vinho branco e kirsch (licor extraído de cereja). Depois, a mistura é despejada na panelinha que está na mesa sobre um fogareiro aceso, utilize alcóol para aquece-lo, jamais use outros combústivel como querosene, etc.. Cada pessoa espeta um cubinho de pão francês, ou qualquer outro tipo de pão a seu gosto, mas sempre cortado com um lado com a casca, pois só o miolo não há como o garfinho segurar por muito tempo, mergulhe no queijo antes de comer . Use com acompanhamento um bom vinho tinto.

O founde de carne, usa-se filé mignon fresco e cortado em cubos e mergulhe no óleo bem quente que está na panela. Depois de frita, a carne é passada em diversos molhos (maionese, sauce tartar, mostarda, picles, etc.), que devem estar espalhados na mesa, em pequenos potinhos. Use como um bom vinho tinto e pão branco.

Cuidados

Nunca coloque a panela sobre uma mesa na qual as pernas não estão firmadas no chão, pois não se esqueça que há óleo quente, ou queijo derretido e o álcool nessa panela. E mantenha distante de criança;

-Cuidado para não levar à boca o queijo derretido muito quente. Fique atento para que o óleo não fique quente demais e cuidado para não colocar os garfinhos molhado com água, seque bem antes de utiliza-los. Fique atento se o queijo não está queimando no fundo, caso você perceba através do cheiro, apague o fogo sem assoprar, utilize o utensílio apropriado.

É divertido comer fondue, servir para uma roda de amigos em torno de uma única panela no centro da mesa.

 

Posição dos talheres e como usá-los

• Os talheres são colocados de ambos os lados e acima do prato e são usados de fora para dentro.
• Os garfos ficam do lado esquerdo. A forma mais elegante de comer é conservá-los nessa mão.
• As facas e a colher de sopa ficam do lado direito, devendo ser manuseadas com a mão direita.
• O procedimento correto, em todos os países do mundo que adotam as maneiras européias, é usar os talheres na posição em que são apresentados; os canhotos devem treinar para não trocar de mão. A troca de lado só é tolerada se for inevitável e prejudicial à naturalidade.
• Crianças que aprendem desde os dez anos a manusear os talheres dessa forma não encontram o menor obstáculo.
• Massas do tipo espaguete ou talharim devem ser enroladas no garfo, que nesse caso estará na mão direita.
• Os talheres servem para levar a comida à boca, não se deve, portanto levar a “boca” à comida.
• Ao cortar a carne, o garfo fica com a parte côncava virada para baixo e o dedo indicador da mão direita serve para firmar a faca.
• Ajudar com a faca a colocar a comida no garfo é a maneira mais elegante e prática. É a maneira européia
• A posição de descanso não admite apoiar os talheres na mesa. Facas ficam na borda direita do prato e garfo na borda esquerda.
• Ao terminar, os talheres ficam dispostos numa linha perpendicular ao prato, sentido norte-sul. Nunca cruzados. Não empurre o prato.
• A sopa deve ser tomada pelo lado da colher. Ao terminar ela fica no prato auxiliar.
• Mantenha os cotovelos sempre junto ao corpo. Nunca afaste os braços como asas.
• Guardanapos de tecido devem ser colocados no colo e usados para limpar os lábios antes de beber. Ao final da refeição não devem ser dobrados novamente, somente colocados do lado esquerdo do prato.
• O pão é comido com as mãos. Não deve ser partido com faca.

(*) Evite também pedir pratos complicados de comer, pois será bem mais difícil concentrar-se no negócio e ao mesmo tempo se debruçar sobre a árdua tarefa de destrinchar uma lagosta inteira, um peixe cheio de espinhos ou uma ave cheia de ossos.

Conheça e entenda as taças de servir vinho

As taças de Vinho são muito importantes porque são fabricadas para aproveitar o máximo possível das características de cada bebida. Assim a taça de Tinto é maior para ajudar a liberar os aromas e a de Vinho Branco menor para concentrá-los.

Existem dezenas de modelos de taças de Vinho, inclusive uma para cada região importante da França, como Bordeaux e Borgonha. Mas para você usar a taça certa basta conhecer os principais modelos, que vão atender perfeitamente as suas necessidades.

As taças de Vinho tem algumas características comuns:

• Corpo separado da base por uma haste, para manter a temperatura.

• Abertura mais estreita que o corpo, para concentrar os aromas.

• Cristal ou vidro fino, por causa da viscosidade, aromas e aeração.

• Incolor, para permitir apreciar a cor.

Além disso, você deve observar algumas regras simples, mas importantes:

• A limpeza deve ser cuidadosa.

• Cuidado com excesso de detergentes.

• O conteúdo do Vinho não deve ultrapassar 13 da Taça.

Dito isso vamos conhecer um pouco de cada tipo de taças.

As taças de vinhos tintos são sempre maiores. Isso para permitir a aeração necessária aos tintos, e também por serem mais encorpados e complexos, para facilitar o desenvolvimento e a identificação dos aromas.